Sobre raízes

Voltar
por Mari Sergio

Quando me apresentei em outro texto publicado aqui no Sacadas, eu falei sobre sonhos e asas. Sobre como, aos 29 anos, embarquei numa aventura rumo ao Oriente Médio, deixando para trás tudo que era familiar, seguro e confortável.

Hoje eu queria falar sobre o que me fez voltar  para Moema e abdicar, por assim dizer, de uma vida instagramavel e (para alguns) glamurosa. Eu quero falar sobre raízes.

Eu nasci em São Paulo e cresci em Moema. Todo meu universo cabia em um raio de 5 km da minha casa. Escola? Vila Nova Conceição. Faculdade? Vila Mariana. Casa da vó? Butantã. Todos os meus empregos? Se não eram no Brooklin, eram no máximo em Pinheiros.

Na época, eu entendia a conveniência das distâncias, mas o horizonte cerceado me incomodava.

Devo confessar que também não era muito fã de São Paulo. Achava a cidade cinza, sem graça, sufocante.

Mas a vida tem seu próprio jeito de nos ensinar as lições que mais precisamos…

Pois bem! Viajei o mundo, desbravei 5 continentes, mas na hora que a saudade apertava sem dó, era pra São Paulo que meu coração voltava.

Em 5 anos vivendo como expatriada, foram inúmeras vezes que peguei o vôo de 15 horas que ligava Dubai a essa cidade cinza. Justamente para caminhar pelas mesmas ruas que me viram crescer, frequentar os mesmos comércios que resistiram ao tempo e correr para o Ibira, que sempre foi meu reduto de paz.

E por ironia romântica do destino, ao retornar para casa, escolhi (ou fui escolhida!) por um apartamento no mesmo prédio que nasci e morei a vida toda antes de partir.

E posso dizer que o prazer de passear pelas ruas de Moema, com seus restaurantes charmosos, lojinhas descoladas e cafés convidativos não tem tamanho.

Retornar para São Paulo, já tendo visto tantos outros lugares, me fez desenvolver um novo olhar mais gentil e curioso, quase estrangeiro. Mas isso é assunto para outro post!

imagem de um casal e um cachorro no parque

Nosso lugar no mundo: Eu, Dani e Sam no Ibira.

 

 

compartilhe

sobre o autor

Marianna SergioCorretora associada

Paulistana, passou sua vida inteira no bairro de Moema e arredores, considerando o Parque do Ibirapuera uma extensão da sua casa. Depois de literalmente dar algumas voltas ao redor do globo, voltou a...

Leia mais

Tel/Whatsapp:
+55 11 99927-8177
mari@refugiosurbanos.com.br

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

× Como posso te ajudar?