Cedo demais para o natal?

Voltar
por Mari Sergio

Sim, estamos no dia 17 de novembro e eu já montei minha árvore de natal e decorei minha casa toda.

Pode parecer cedo, porque essa ano foi tão doido, que piscamos em março e abrimos os olhos em novembro. Logo mais já é Natal.

De todo jeito, eu sempre montei minha árvore no começo de novembro.

Sempre fiquei ansiosa para curtir essa convidada tão especial que tem data para ir embora. Virava a página do calendário de outubro para novembro e já montava a árvore, pisca-pisca e tudo mais.

Esse ano, ouvi de muita gente “sem pique para o natal”, “ah, não vou fazer árvore esse ano”, “ah sem clima…”

Sabe gente, também me deu preguiça, também me pareceu que chegamos no final do ano de repente.

Mas se tem uma coisa que eu acredito que é em tempos mais difíceis como esse, em anos intensos como tem sido 2020 que precisamos de coisas, aparentemente, bobas como a magia do natal.

Que precisamos da energia da celebração, afinal, chegamos até aqui, certo?

Aos trancos e barrancos, mas chegamos.

E isso merece ser celebrado.

Cada um com a sua dose de dor de alegria.

Cada um com o seu PHD recém adquirido em gerenciar crises e administrar o caos.

Sobrevivemos, gente!

Então, sim, eu vou me rodear de enfeites brilhantes que soltam glitter por todos os lados, pois eu preciso mais do que nunca de uma dose extra de brilho.

Eu vou celebrar e festejar cada vitória, cada história de superação que eu vivi e que eu testemunhei ao meu redor.

Eu vou planejar presentes e cartões de agradecimento a todas as pessoas que tornaram esse ano mais doce ou pelo menos mais “palatável”.

Eu vou festejar o fato de que cheguei até aqui melhor e mais forte do que eu estava no dia primeiro de janeiro.

Eu vou celebrar e agradecer.

E convido você a fazer o mesmo.

compartilhe

sobre o autor

Marianna SergioCorretora associada

Paulistana, passou sua vida inteira no bairro de Moema e arredores, considerando o Parque do Ibirapuera uma extensão da sua casa. Depois de literalmente dar algumas voltas ao redor do globo, voltou a...

Leia mais

Tel/Whatsapp:
+55 11 99927-8177
mari@refugiosurbanos.com.br

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

× Como posso te ajudar?