logo

Segredos do bairro – Vila Buarque. Edifício Emilio Montuori

Voltar
por Ana Paula Zonta

Acredito muito que a beleza de algumas coisas está na simplicidade com que acontecem.

Então, quero compartilhar com vocês um segredo que descobri no meu querido bairro da Vila Buarque.

Há alguns dias, o Matteo publicou no Instagram do Prédios de São Paulo uma foto do Edifício Emilio Montuori, um predinho super fofo da Rua Jaguaribe.

Passo por ele quase todos os dias e essa publicação me despertou ainda mais a vontade de conhece-lo para além da calçada.

Entre a reação dos seguidores do @prediosdesaopaulo ao “fofo da Jaguaribe”, soubemos que a @marinasilveiraarruda é moradora do prédio e pedimos a ela para nos apresentá-lo.

Muito simpática, ela topou! E me recebeu carinhosamente, com bolo e café, em seu apartamento, numa tarde de sexta-feira chuvosa.

Segundo a Marina, cujas informações foram confirmadas pela síndica, o prédio foi construído em 1957, pelo sr. Emilio Montuori, que deu nome ao edifício.

Carimbo da folha do projeto do Edifício Emilio Montuori. Aprovação do projeto em 1955. Habite-se em 1957.

Em 1986, Rene Andraus comprou este edifício. E, atualmente, sua esposa Marina Petrella é a proprietária, e seu filho reside em um dos apartamentos com a esposa, que é a síndica do condomínio.

É um prédio de uso misto. Possui 4 pavimentos e um subsolo, com 13 apartamentos e dependências para zelador.

As unidades variam em tamanho e quantidade de dormitórios. As maiores são as de frente, com 104m², três dormitórios e uma sacadinha incrível. Uma destas é o apartamento da Marina. Tão fofo quanto o prédio!

E como é misto, entre as unidades, tem escritórios e um salão de beleza. Além da @silveiraceramicaartistica

Pois é… Eis a surpresa! Além de morar, no apartamento a Marina mantém um ateliê da fábrica Silveira Cerâmica Artística, que produz objetos de decoração em cerâmica.

Fiquei encantada! Quantas peças lindas!

A fábrica foi fundada por seu pai e seu avô, há 30 anos, em Porto Ferreira, cidade do interior paulista. E aqui, na Vila Buarque, a Marina administra uma amostra para atender os clientes de São Paulo.

Pra quem adora esse tipo de objetos, como eu, veja o site e se encante também www.ceramicasilveira.com.br 

Olha só o que o interesse sincero, o carinho e as boas energias de um bairro apaixonante me proporcionaram: conheci uma pessoa adorável (praticamente minha vizinha), que me fez conhecer um prédio fofo e seu trabalho lindo.

A querida Marina Silveira Arruda, na agradável sacada do seu apartamento.

E além de tudo, ao começar a seguir a Marina nas redes sociais, descobri mais uma coisa especial: ela vai lançar um livro! “Não se acostume com a vida: reflexões que o câncer e outras situações complexas podem despertar em nós”. O lançamento em São Paulo será nos dias 10, 18 e 25 de outubro e parte do lucro obtido com as vendas do livro será destinado ao Hospital de Amor, em Barretos/SP.

Que incrível!!! Parabéns, Marina! E obrigada!

Saiba mais sobre o livro e sobre a história da autora, suas reflexões e motivações em www.marinaarruda.com.br ou no @nãoseacostume

Gostou? 🙂

E se você também mora num prédio fofo aqui na região de Vila Buarque e Santa Cecília, ou tem segredos para nos revelar… Conta pra mim! Vou adorar!!

compartilhe

sobre o autor

Ana Paula ZontaArquiteta

Paulista. Nasceu e cresceu em Araçatuba. Formou-se em Arquitetura e Urbanismo, na Unesp, de Presidente Prudente, e escolheu São Paulo para viver e se desenvolver pessoal e profissionalmente. Se e...

Leia mais

Tel/Whatsapp:
+55 11 95072-0125

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?