Sede 261: Você tem sede de que?

Voltar
Por Camila Raghi

Além de emblemáticos e cobiçados por seus apartamentos no Bairro de Pinheiros, os Predinhos da Hípica  – como são mais conhecidos -ultimamente tem nos surpeendido com boas surpresas gastrônomicas!

Há algum tempo vemos algumas garagens destes edifícios, compreendendo vários quarteirões que se estendem da Rua Mourato Coelho e Pedroso de Moraes – sendo reapropriadas com novos usos comerciais.

Um dos primeiros e mais famosos a se estabelecer no famoso endereço foi a hamburgueria Na Garagem, em 2015, estabelecida em uma pequenina porta da charmosa e tranquila Rua Benjamin Egas.

Outro exemplo muito bacana desse ambiente multicultural surgido com a nova apropriação das garagens externas desses edifícios é o Sebo Desculpe a Poeira, que fica na Rua Sebastião Velho.

Já era fã da bucólica rua e dessa proposta de unir o interessante endereço à cultura e boa comida, quando soube recentemente a respeito do quase secreto bar Sede 261, instalado nessa mesma via. Fã também de vinhos, não perdi tempo e fui lá conferir:)

Quando pensamos em ambientes para degustação de vinhos, imediatamente nos vêm a cabeça aqueles ambientes engomados e pernósticos, frequentado por enólogos que discorrem intermináveis discursos sobre o tema ao som de uma trilha sonora entediante, certo?

Pois esqueça tudo isso…e agora imagine poucos e charmosos banquinhos na calçada, um blend  de hiphop, jazz e música brasileira na vitrola, um clima descontraído misto de cidade do interior com ares praianos, aonde se pode tomar um bom vinho sem afetação.

Sim, esse lugar existe:)

Comandado pelas charmosas sommeliers Daniela Bravin e Cassia Campos,  o pequenino Sede 261 é mais nova sede própria do projeto Sommeliers Itinerantes, que apesar da mobilidade embutida no nome, atualmente necessitava de um espaço físico independente para chamar de seu. Servindo mais de 30 rótulos  – muito bem selecionados em taças a preços honestos – o híbrido de bar/ casa de amigos possui ao todo apenas  20 lugares (10 internos e mais 10 na calçada) servidos pelas próprias proprietárias em horários seletos, apenas às quintas, sextas e sábados.

Como o foco é realmente a bebida, a casa serve para acompanhar o vinho apenas uma tábua de embutidos muito bem diversificada e selecionada, que me fez lembrar a época em que morei em Madri e passava os domingos comendo tapas no mercado de São Miguel.

Mas há outras opções bem interessantes para matar a larica lá mesmo. O espaço oferece o menu da melhor pizza napolitana do bairro (na minha humilde opinião), a Diávola, que você pode pedir como se estivesse em casa assim como outros deliverys existentes lá perto (japas, arabes, etc..). É só pedir que as simpáticas sommeliers encaram o desafio de harmonizar com os rótulos da casa.

E ainda no tema gastronomia, mais uma boa surpresa:  aos sábados a tarde são servidas ostras para acompanhar a deliciosa bebida.

Na noite de sexta em que conheci o espaço, entre amigos, boa conversa e muitas gargalhadas, fui surpreendida por uma uva portuguesa chamada Alvarinho, e tomei um dos melhores vinhos brancos da minha vida.

E pra quem não quer ficar só nas taças, há a opção de levar a garrafa pra casa e continuar a noite, já que a proposta do lugar é cedo e sossegado, pra não atrapalhar a pacata e amigável vizinhança residencial!

 

Sede 261

R. Benjamim Egas, 261, tel. 3819-0618. 20 lugares. Quinta e sexta.: 17h às 23h. Sáb.: 12h às 23h.

Sebo Desculpe a Poeira

Rua Sebastião Velho, 28-A. Segunda: 18h às 22h. Terça a sexta: 10h às 18h. Sábado: 11h às 18h.

Na Garagem

Rua Benjamim Egas, 301. Terça: 11h às 15h. Quarta a sábado: 12h às 23h. Domingo: 12h às 22h

compartilhe

sobre o autor

Camila RaghiSócia-Proprietária

Arquiteta e urbanista formada pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), trocou Curitiba por São Paulo há dez anos para se dedicar às suas maiores paixões: projeto e restauro. Após acumular ...

Leia mais

Tel/Whatsapp:
+55 11 98771-7220
camila@refugiosurbanos.com.br

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

× Como posso te ajudar?