Eu sou a louca dos gatos

Voltar
por Alessandra Felix

Não, não tenho 50 gatos em casa! Na verdade, eu sou louca por gatos e cachorros, daquelas que se joga no chão da casa do amigo quando ele tem uma labradora fofa, sabe?

Acho mesmo que uma das melhores coisas da vida é você chegar em casa e ser recebido pelo seu melhor amigo, felino ou canino – amor sem tamanho todos os dias a todos os momentos. Claro que esses momentos às vezes incluem seus móveis que viram arranhador (mesmo que você tenha um tronco de árvore na sua varanda, especialmente para isso), diversos fios elétricos estragados (3 fones de ouvido perdidos, home theater, telefone, etc.) – mas não é sempre assim – aqui em casa estamos com 2 filhotes de 10 meses “tocando o terror”!

Há muitos anos, quando saí da casa dos meus pais para morar com uma amiga, a primeira resolução foi adotar uma gatinha. A da minha amiga também. Então mudamos para Vila Madalena, duas amigas, duas gatinhas – a Ziggy e a Krishna e dois namorados, de brinde! Um dos namorados teve uma atuação heróica, quando a Ziggy conseguiu escapar do apê e foi parar na cobertura do edifício – dentro do espaço de respiro do prédio, em cima de um pedacinho de cano. Dá pra imaginar?

Lembro que uma das nossas primeiras preocupações foi conhecer um veterinário responsável e amoroso. Nessa procura encontramos até uma figura que atendeu as gatinhas usando luvas, daquelas de proteção EPI para construção, sabe? Claro que não deu certo.

Alguns anos se passaram, as amigas seguiram caminhos diferentes (continuamos com os felinos, claro!) e fui achar o veterinário que queríamos depois de muito tempo. Para ser exata, há 10 anos, quando mudei para Pinheiros.

Caminhando pela Rua Mateus Grou, minha atenção foi fisgada pela placa “Sr. Gato”. Fora o imóvel peculiar – um sobrado com uma torre redonda, daquelas de contos de fada – falta só a Rapunzel lá em cima, jogando as tranças… falta muita altura também, melhor voltar para os gatos.

Era tudo que eu queria, uma clínica especializada em felinos e pertinho de casa!

Dizem que donos de gatos veem fofura em tudo e então deve ter sido com estes óculos que entrei na clínica pela primeira vez. Amei logo de cara!

Pra começar, um espaço de convivência com um atendimento de primeira, pelos donos do local: gatos que moram na clínica e que convivem harmoniosamente com os visitantes. Aliás, que adoram os visitantes! Sempre tem um querendo carinho, colo…

O espaço foi idealizado pela Dra. Luciana Deschamps – Médica Veterinária titular da Clínica e Coordenadora da equipe médica. A premissa foi criar um lugar onde os felinos pudessem ser atendidos sem passar pela tensão das clínicas tradicionais, onde dividem a sala de espera com animais de outras espécies. E deu super certo! Os pacientes podem esperar tranquilamente no colo de seus donos, se assim desejarem (ou não). Tudo é feito para minimizar o estresse – do gato e do proprietário. Dá pra lembrar daqueles famosos cafés do Japão, onde as pessoas que não podem ter animais de estimação vão lá para passar um tempo com os gatinhos…

Isso tudo com a simpatia e competência dos colaboradores da clínica que nos recebem sempre com um sorriso no rosto. E entendem os momentos difíceis que passamos quando nossos gatos ficam doentes.

A clínica conta com consulta médica (in loco e domiciliar), terapias complementares (acupuntura e laserpuntura, moxabustão e fitoterapia chinesa), cirurgia geral e odontológica, internação-dia, UTI, laboratório para exames rápidos, estética felina, hospedagem e cat-shop.

Nestes 10 anos que frequentamos a clínica, nossa veterinária do coração é a Dra. Kelly Teixeira, que sempre cuidou dos nossos gatos (e de nós também, porque não?) com muito carinho e profissionalismo. Mas também passamos pelas mãos cuidadosas e igualmente competentes da Dra. Luciana Deschamps, Dra. Katia Gumiero e Dra. Paula Laszkiewicz. O interessante é que nesses anos já passei dias inteiros lá na clínica, acompanhando internações das minhas gatas (opção pessoal e tempo livre!) e vi pessoalmente o cuidado de todas com todos os gatos que lá estão, independente da presença do dono. Muito legal ver o funcionamento de um serviço tão importante dos bastidores!

E se você quiser se tornar um louco dos gatos como eu, pode telefonar para a clínica porque às vezes pintam uns gatinhos resgatados para adoção por lá!

Nossos filhotes, o Thelonious e a Naima vieram por indicação da Dra. Kelly. E apesar da bagunça que estes dois aprontam, não tem nada melhor do que estar em companhia deles e do Hermeto (nosso felino mais velho), em nosso apartamento, onde eles mandam e desmandam! E têm todo o direito porque o amor que recebemos em troca não tem preço!

 

INFO:
Clínica Sr. Gato
Rua Mateus Grou, 56 – Pinheiros – São Paulo/SP
Tel.: (11) 3086-0737 / 3061-3853

 

Bibliografia on line:
https://www.guiadasemana.com.br/turismo/noticia/conheca-sr.-gato
www.petbr.com.br/veter09.asp

compartilhe

sobre o autor

Alessandra FelixCorretora Associada

Administradora de Empresas formada pela PUC-SP, desenvolveu sua carreira em Recursos Humanos, onde desenvolveu sua paixão por relações interpessoais. Acredita que os relacionamentos podem ser colab...

Leia mais

Tel/Whatsapp:
+55 11 99104-1588
alessandra.felix@refugiosurbanos.com.br

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

× Como posso te ajudar?