logo

Uma cidade com cheiro de café

Voltar
por Mariana Valente

Eu sempre fui aficionada por café.

Pra mim, é uma daquelas coisas que não se explica, algumas vezes eu nem preciso chegar a tomar a bebida, o simples fato de sentir o cheiro do café sendo preparado já me traz uma sensação acolhedora.
Me tira qualquer ansiedade, medo, insegurança e, imediatamente, me traz conforto e uma certeza de que “vou dar conta de tudo”.

Cheiro de café é cheiro de casa!

Não sei se é porque o cheiro me remete às manhãs da infância e adolescência, em que eu acordava com o cheiro do café que minha mãe estava preparando na cozinha.
Então, eu me levantava e mesmo em meio ao meu famoso “mau humor matinal” eu me sentia feliz por vê-la ali, ainda de camisola, cuidando de tudo para que o dia da nossa família fosse bom!
Fato é que, sentir cheiro de café faz com que eu me sinta em casa… mesmo que eu esteja a quilômetros e quilômetros de distância do meu lar doce lar!

Curioso como cheiros e sabores tem o poder de fazer isso, né?
Nos levar a um determinado momento que já vivemos ou lugar por onde já passamos.
Se estou com alguma dificuldade ou problema para resolver, corro para fazer um café e isso faz com que eu me concentre e tenha boas idéias!

Uma cafeteria em cada esquina.

Eu morava em São Paulo, onde a cada esquina temos uma cafeteria.
Então, ao vir para Santos, veio o questionamento…. sentirei saudade das cafeterias paulistanas?
Porque por mais que eu ame preparar o meu café em casa, algumas vezes gosto de me sentar e pedir um bom café, que degusto com calma, enquanto outros engolem a bebida de uma vez só… pra mim, é como um ritual!

Enfim, foi grata a surpresa ao começar a morar na Baixada Santista!
Eu sabia que a cidade teria uma forte ligação com a bebida, por uma questão histórica. Afinal… é aqui que está o Museu do Café, que fica no antigo prédio da Bolsa do Café.
Inclusive, é na Cafeteria do Museu que se pode degustar o famoso “Café de Jacu” que é feito com os grãos que passaram pelo sistema digestivo do pássaro!

Uma cafeteria pra amar.

Mas a agradável surpresa que quero deixar aqui, é que alguns dias antes da mudança eu encontrei a cafeteria pra “chamar de minha” hahahaha.
Foi em um dia que viemos para resolver algumas pendências da obra, paramos para comer em um restaurante que curtimos e saindo, vi uma cafeteria fofa.
Resolvi entrar e que surpresa… cafés gostosos, de todos os tipos, doces maravilhosos pra acompanhar, eu não poderia ter ficado mais feliz!
E foi assim que antes de, efetivamente, morar em Santos, eu já tinha escolhido a minha cafeteria preferida!

Lá no Café Georgia me sinto acolhida e bem recebida, como se eu estivesse entrando pela manhã na cozinha da casa da minha infância enquanto a minha mãe, ainda de camisola, preparava o café.
E não existe no mundo algo mais mágico do que isso!!

compartilhe

sobre o autor

Mariana ValenteCorretora Associada

Nascida e criada em Santo André, talvez seja a paulista mais mineira que você vai encontrar por aí. Não se surpreenda se a ouvir falando "Uai, mas esse trem é bão demais" enquanto fala de um 'qu...

Leia mais

Tel/Whatsapp:
+55 13 98193-6598
valente@refugiosurbanos.com.br

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

× Como posso te ajudar?