logo

Os predinhos de Artacho Jurado na Vila Romana

Voltar
Por Cláudia Carvalho
Edf. Claudio - Rua Cláudio

ANTES DE ARTACHO JURADO SE TORNAR UM GRANDE REALIZADOR DE PROJETOS INCRÍVEIS NA CIDADE DE SÃO PAULO, FOI NA VILA ROMANA QUE CONSTRUIU SEUS DOIS PRIMEIROS PRÉDIOS.

Como as queridas colegas Bel Herbetta e Melanie Graille já explanaram em suas sacadas, João Artacho Jurado foi uma figura de destaque festejado por uns e criticado por outros, devido a  seus projetos arquitetônicos controversos.

O início de sua carreira profissional se deu em feiras expositivas realizadas em sociedade com o irmão Aurélio Artacho Jurado e que a partir de 1934 é marcada pelo contato com a arquitetura,  a construção civil, uma vez que os estandes montados por eles não eram obras transitórias, e por último pela publicidade devido ao grande desenvolvimento do marketing profissional.

Ao final de 1946, os irmãos “Jurado” resolveram abandonar por completo, sem maiores explicações, a promoção de feiras e exposições e passaram a se dedicar, exclusivamente a pequenas obras residenciais, que já vinham tocando em paralelo às feiras industriais.

 

Primeiros Predinhos na Vila Romana

Os irmão iniciaram seus projetos construindo um conjunto de sobrados em lotes de terrenos na esquina da Rua Coriolano com a rua Crasso, e entre essas obras , Artacho Jurado projetou e construí dois edifícios baixos –  prédios ainda existentes: um nas esquinas Rafael Correa x Crasso – Edf. Tupã, por estar próximo á praça homônima, outro sem nome, localizado a rua Claudio com a rua Fábio, que mais tarde, informalmente chamado de Edf. Claudio.

Observa-se na fachada desses edifícios materiais que sobraram das edificações provisórias da Feira Nacional de Indústrias de São Paulo, no Parque Antártica, onde cuidadosamente foram trabalhadas para darem o efeito desejado: ornar as varandas dessas edificações.

 

De acordo com sua filha Diva:

“[…] era ali, atrás da igreja, ele fez um apartamento

térreo pro vovô e pra vovó (Edf. Cláudio). Porque aí era perto da igreja, e minha avó estava velhinha

[…] E ela gostava muito de ir à igreja. E meu avô não tinha deixado batizar filho nenhum

[…] então papai, nessa altura, resolveu fazer uma coisa perto da igreja, porque

ele achava que ela tinha o direito de ir à igreja […]”, 

 

E foi assim que iniciou as construções residenciais  idealizadas por Artacho Jurado, na cidade de São Paulo e também antecedeu projetos incríveis onde ainda hoje causam admiração por sua variedade de elementos e cores em suas fachadas.

 

Imagina…

O quanto é incrível morar em um “artachinho“!

 

 

 

E para saber um pouco mais sobre Artacho Jurado e o inicio de suas obras indico as sacadas:

 

Artacho Jurado: E tudo começou na Água Branca

 

AS PRIMEIRAS CASAS DE ARTACHO JURADO

E mais…

 

Episódio 38 : loucos por Artacho Jurado com Ruy Debs

 

 

 

compartilhe

sobre o autor

Claudia CarvalhoCorretora Associada

Turismóloga de formação, saiu da selva amazônica e caiu de paraquedas na "selva de pedra", que muito a encanta com suas múltiplas possibilidades de vida. Moradora da Lapa, bairro que rem...

Leia mais

Tel/Whatsapp:
+55 11 94545-7575
claudia.carvalho@refugiosurbanos.com.br

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?