Edifício Anchieta

QUERO MORAR AQUI!

Descrição

Ninguém se lembra de que ali ainda é Avenida Paulista, mas é. Entre a Rua da Consolação e a Rua Minas Gerais a dois quarteirões derradeiros da avenida mais querida da cidade. Aquele pedaço abriga um dos principais ícones modernistas paulistanos, o Edifício Anchieta. Inaugurado em 1941, possuía alguns dos principais traços modernistas como pilotis, grande novidade à época, apartamentos duplex e painéis de pastilhas coloridas.

O projeto é o escritório carioca MM Roberto, então comandado pelos irmãos Marcelo Roberto e Milton Roberto. Outro irmão, Maurício Roberto, viria a se juntar à dupla no ano da inauguração do Anchieta, fazendo o escritório ser rebatizado de MMM Roberto. Além de ser uma lenda modernista, é uma das mais longevas empresas de arquitetura do país, em atividade desde 1930, quando foi fundada pelo mais velho dos irmãos, Marcelo, sob o nome de M Roberto. Atualmente é tocado por Márcio Roberto, filho de Maurício, que voltou a reduzir os Ms para M Roberto, resgatando o nome original.

O prédio é lembrado pelos paulistanos por um motivo muito mais etílico do que arquitetônico. No térreo, funcionou por muitos anos o Bar Riviera, de Renato Meniscalco. Foi ali que Chico Buarque festejou a vitória de A Banda, no Festival da Canção de 1966. Os atores-bailarinos e líderes da contracultura do Dzi Croquettes eram frequentadores assíduos, assim como o cineasta José Mojica Marins, o Zé do Caixão. A figura mais emblemática era o garçom Juvenal Martins, conhecido pelo jeitão ranzinza. E havia ainda a Rê Bordosa original, inspiradora do personagem de Angeli. O Riviera fechou as portas em 2006, após 56 anos de funcionamento e um atoleiro de dívidas que culminou no despejo. Após décadas fechado, o endereço pode ressuscitar. O empresário Facundo Guerra e o chef Alex Atala anunciaram planos de reativar o local em junho, embalado por uma programação de jazz ao vivo.”

Trecho do texto de Mariana Barros, publicado no blog Morar em SP, em 17/01/2013. http://vejasp.abril.com.br/…/minibios-de-edificios-anchieta/

Fotos: Carolina Mossim

Clique no link abaixo para saber como adquirir o livro Prédios de São Paulo.

Quero o livro

Imóvel disponível

Favoritar Considerado um dos primeiros residenciais da Avenida Paulista, o icônico Edifício Anchieta foi projetado na década de 40, pelo escritório carioca dos Irmãos Roberto (ainda MM Roberto na época).

Apartamento reformado e...

Em negociação

104.49 m2/ 3 Quartos (1 Suite) / 2 Banheiros / 1 Vaga

× Como posso te ajudar?