logo

Biblioteca Municipal Mário de Andrade

QUERO MORAR AQUI!

Descrição

Um projeto que ultrapassa gerações

Construída entre 1936 e 1942, pela Pilon e Matarazzo, a Biblioteca Municipal foi encomendada pelo então prefeito Fábio Prado e concluída na gestão seguinte, por Prestes Maia. Fato histórico que alterou o projeto original de Jacques Pilon, inicialmente previsto com fundações para construção de mais duas torres, destinadas à armazenar o acervo. Com uma volumetria equilibrada entre blocos verticais e horizontais, ortogonais e circulares, maciços ou vazados, o arquiteto consegue manter a harmonia do conjunto, sem elementos decorativos além das delicadas linhas que preenchem os planos das fachadas revestidas em arenito. A entrada marcada pelos pilares, que atravessam dois pavimentos, revela também a austeridade do interior; a galeria revestida em mármore verde conduz ao imponente hall, com sua escadaria monumental e a estátua “Leitura”, de Fracarolli, centralizada em relação às aberturas circulares nas lajes dos três andares acima. Conforme previsto, o espaço destinado ao armazenamento se tornou insuficiente ao longo dos anos, e a biblioteca teve parte de seu acervo distribuído entre órgãos municipais, que hoje constitui um dos maiores da América Latina. Em 2006, incluindo um programa de revitalização do centro, foi aprovado um projeto para restauro e modernização das instalações, e também foi aprovada a utilização do antigo prédio do Instituto de Previdência do Estado de São Paulo, com o intuito de receber a hemeroteca, com mais de 12 mil títulos. Elaborado pelo escritório Piratininga Arquitetos Associados, o projeto manteve as linhas originais do edifício, ressaltando as intervenções realizadas com estruturas metálicas, estas pintadas em tom de vermelho intenso. Na fachada destaca-se a passarela que une as entradas da Rua da Consolação e da Avenida São Luís, esta última com uma convidativa rampa. No interior, as estantes e mezaninos tiram partido do pé direito alto para criar novos espaços de estudo e convivência. As salas que abrigam as coleções e a mapoteca foram restauradas e readequadas, ainda preservam as características da época de construção, incluindo parte do mobiliário desenhado. A Biblioteca tem público assíduo e mantém uma ampla programação cultural; além da sala para exposições e do auditório, conta com um terraço utilizado para apresentações artísticas.

Ficha Técnica:
Nome: Biblioteca Mário de Andrade
Ano de construção: 1942
Projeto: Jacques Pilon
Construtora: Pilon e Matarazzo
Endereço: Rua da Consolação, 94 – Centro

 

Referências:

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/bma/acervos/index.php?p=10333 – OUTUBRO/2017
http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/bma/edificio/index.php?p=7975 – OUTUBRO/2017

 

Texto:

Felipe Grifoni

 

Fotos:

Emiliano Hagge

Clique no link abaixo para saber como adquirir o livro Prédios de São Paulo.

Quero o livro

Arquiteto:
Jacques Pilon
Construtor:
Pilon e Matarazzo
Ano da Construção:
1942
Endereço
Rua da Consolação, 94 - Centro
COLABORE
× Como posso te ajudar?