logo

Sou corretor de imóveis. Com orgulho, com muito amor.

Voltar
por Matteo Gavazzi

Sim, quando me perguntam o que faço da vida, eu respondo que sou corretor de imóveis.

 

Não entendo meus colegas que enrolam, declaram a profissão de formação dizendo que são advogados, administradores, ou seja lá o quê.

Tudo, menos corretor em um primeiro momento e relatam depois que “mexem com negócios imobiliários”…

Mais chique né?

Não os culpo pois a sociedade no geral não nos vê como profissionais de Serie A.

Por isso muitos tem vergonha, consideram a profissão de corretor sendo de série B, para fracassados.

E normalmente não é que tem dificuldades em fechar negócios e jogam na série B da corretagem?

 

E não é porque são ruins, não. É porque não assumem com felicidade o que são.
Você é o que você pensa!

No final é um circulo vicioso pois se nos mesmos não valorizarmos o que fazemos, quem o fará?

Se nos mesmos não acreditamos, porque o cliente deveria?

Faz sentido não faz?

 

A Refúgios Urbanos cresceu muito nesses anos e hoje grande parte do meu tempo, é dedicada ao treinamento e atendimento das necessidades diárias da equipe.

 

Mesmo assim, ADORO e continuo atendendo e vendendo sempre que posso.

 

Os resultados hoje, precisam ser para todos do que só para mim, e por isso, minhas vendas passaram a estar em segundo plano no panorama das prioridades.

 

Já não sou mais o melhor corretor da Refúgios, mas, minhas vendas continuam acima da média, porque acima de tudo, gosto de encontrar um lar para os clientes que atendo.
Sejam centenas e centenas como atendia no início, onde fazia tudo sozinho ao longo do ano, ou dezenas e dezenas como é hoje.

 

Formar uma empresa com demais associados significa exatamente dar ferramentas e condições para não ser mais o melhor e sim, fazer com que os outros sejam.

 

Continuar atendendo me permite manter o nível de atenção alto. A famosa barriga no fogão, ou mão na massa, para que os treinamentos possam continuar condizentes, meu toque afinado e o termômetro do mercado sempre na temperatura correta.

 

Por isso, não há aperto de mão sem que eu faça ciente que sou corretor de imóveis. Com muito Orgulho e com muito Amor!

compartilhe

Tweet about this on TwitterShare on FacebookGoogle+Email to someone

sobre o autor

Matteo GavazziSócio-Fundador

Nascido em Roma, Itália, onde viveu até seus 20 anos, mudou-se para São Paulo em 2010, fazendo o mesmo caminho e trazendo os mesmos sonhos de Giuseppe Martinelli, um de seus maiores inspiradores. ...

Leia mais

Tel/Whatsapp:
+55 11 9 7210-8517
matteo@refugiosurbanos.com.br

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também